quinta-feira, 28 de julho de 2011

INFORMES DA AUDIÊNCIA COM O GOVERNO DO RN



As últimas informações que tivemos na tarde de ontem é que o governo está descontando 3 dias de salário dos grevistas. Em audiência com a secretaria de Educação Betânia Leite a mesma  não confirmou o desconto. Mesmo assim diz Fátima Cardoso já nos posicionamos : Se for efetivado o corte de salário não haverá reposição de aula.   A secretaria não se posicionou acerca do nosso recado conclui Fátima.

A audiência é uma retomada para cumprimento de compromissos.

A audiência na  noite desta quarta feira entre o SINTE/RN e a Secretaria de Educação deu início a uma nova etapa de luta. O cumprimento do que foi promessa ao longo dos mais de 80 dias de greve.

1- Instalação da Comissão de revisão do plano de carreira. 

Ficou definido que a comissão será paritária constando de 4 membros do SINTE/RN e 4 membros do governo. A direção do Sinte vai enviar imediatamente os nomes a fim de que não se protele na publicação da comissão e no início dos trabalhos da mesma;

2- Instalação da comissão da Mesa Permanente de Negociação dos Passivos.

Ficou definido que a mesma será composta por 3 nomes do SINTE/RN e 3 do governo. O objetivo desta mesa é tratar do pagamento de atrasados que o estado deve a categoria desde 1990. Definir o escalonamento de pagamentos em vista aos prejuízos que a categoria vem acumulando.

3- Realização das Eleições Diretas para Diretor e Vice- Diretor.

A abordagem desta reivindicação foi associada ao envio do Projeto de Lei de gestão que modifica  a lei atual. A secretaria confirmou o processo eletivo deste ano. A diretora do SINTE/RN Beatriz, solicitou que nova portaria fosse publicada para a comissão se regularizar nesta gestão. Com relação as modificações a lei, a secretaria fez ponderações de conteúdo observado pela mesma e que merece constar no projeto de lei em tramitação. A direção do SINTE/RN observou duas questões: a- Entendemos que haverá consenso nestas emendas desde que não fira o que foi aprovado nos Fóruns realizados em 2010. Que este processo pode ocorrer paralelo a tramitação do projeto de lei e que havendo consenso de encaminhamentos poderá ser enviada emendas ao projeto de lei sem prejuízo de tempo. Fátima Cardoso lembrou se durante este debate ocorrer a necessidade de ouvir a comunidade escolar esta deve ser consultada.

4- Instalar o Fórum que instituirá a política educacional e profissional, com conclusão do cronograma de implementação até dezembro deste ano.   

Ficou acertado que será a mesma comissão da revisão do plano que trabalhará este outro aspecto que sugere uma discussão para implementar a política educacional através do Plano Estadual de Educação e o plano de carreira da categoria.

5- Solicitação de uma audiência com a casa civil e o Sec. da Administração para tratarmos da discussão do escalonamento do atrasado dos 34% ao mês de Abril/2011.

Condensar os compromissos do governo em um só documento. A secretaria concordou e fará esta solicitação.



6- Pagamento dos contratados.

De acordo com a secretaria o governo está pagando. Exceto os casos cujos processos tiveram problemas visto que as Universidades não deram declarações. Mas que esta situação está sendo sanada.

7- Reposição de aulas.

Comunicamos a secretária a abordagem que vem sendo dada pelos estudantes/ SINTE/ PROMOTORIA DA EDUCAÇÃO E A SEEC, acerca da reposição de aulas.  Fátima Cardoso expõe a concepção que tem do cumprimento do lei sobre  ano letivo e  a interpretação dada já pelo Conselho Nacional de Educação no que se refere a obrigatoriedade dos 200 dias letivos e 800 horas ano de ensino para o Fundamental e 1.200 h para o Ensino médio. A polêmica, diz a sindicalista e educadora, está no como administrar esta questão. Os alunos não querem aulas aos sábados a promotora não quer o 6ª horário.

O CNE, já se pronunciou sobre a matéria, em casos de excepcionalidade e anormalidade do cumprimento dos 200 dias o estado deve zelar pelas 800h e as 1.200h. Fátima lembrou o caso de São Paulo das enchentes e que por este motivo se aplicou o cumprimento das horas. A mesma ainda registrou que o aluno/a deve decidir qual é o melhor caminho de recuperar sua aprendizagem.
A secretaria não rebateu a argumentação, mas confirmou o calendário expedido pela SEEC para ser adaptado e adotado pelas escolas de acordo com sua realidade.

8- Concurso público. 
 A diretora Vera Messias lembra que na comissão do Concurso Público já se está fazendo a previsão da aplicação do 1/3 hora atividade dos professores para 2012 e solicita que a SEEC tome as medidas necessárias para a implantação.

O concurso deverá ocorrer este ano, para em 2012 iniciar-se já com os novos concursados, ressalta Vera.

SINTERN


Governo age para frear alta do real e conter queda do dólar

Brasília (AE) - Em sua mais agressiva ação para conter a alta do real, o governo decidiu taxar e controlar as apostas na queda do dólar feitas no mercado futuro e deu superpoderes para o Conselho Monetário Nacional (CMN) para regular esse segmento. Um pacote de medidas anunciado ontem mira diretamente a especulação feita por investidores estrangeiros - que foram reforçadas com as incertezas vindas do impasse em torno do aumento do limite da dívida dos EUA - e busca evitar mais prejuízos a exportadores, depois que a moeda americana atingiu a menor cotação ante o real em 12 anos.
rodrigo senaGoverno quer reduzir a entrada de dólares no Brasil, de olho na valorização da moeda, que atingiu a menor cotação em 12 anos
Governo quer reduzir a entrada de dólares no Brasil, de olho na valorização da moeda, que atingiu a menor cotação em 12 anos

As medidas, de acordo com explicações do ministro da Fazenda, Guido Mantega, devem reduzir a entrada de dólares no Brasil, ajudando a frear a desvalorização.

Com uma Medida Provisória e um decreto, o governo instituiu a cobrança de 1% de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) quando os investidores ampliarem suas apostas na valorização do real, quando estas excederem US$ 10 milhões.

Essas operações são conhecidas no jargão financeiro como posições vendidas de câmbio Assim, se um investidor estiver "vendido" em US$ 15 milhões na segunda-feira, e na terça-feira elevar essa posição para US$ 20 milhões, pagará US$ 50 mil de imposto. O tributo poderá, por decreto, chegar a 25% se o governo achar necessário.

Derivativos são instrumentos financeiros que usam um ativo de referência, como o dólar, para fixar um ganho. Essas operações, em que não há movimento físico de dinheiro - exceto o depósito de garantias - é o principal motor da cotação do dólar no País, na avaliação do governo e do mercado. Isso porque com base em apenas um contrato, o investidor pode fazer um grande volume de negócios.

Controle

O governo também decidiu exigir o registro de todas as operações com derivativos feitas entre empresas ou investidores fora de ambientes como a bolsa de valores, o chamado mercado de balcão. Com isso, o governo espera ter mais transparência e controle sobre esses negócios. Este, por meio do CMN, poderá definir limites, como tamanho dos contratos, e estabelecer a qualquer momento garantias maiores para tais operações.

Segundo dados da BMFBovespa, o mercado futuro registrava ontem US$ 22,8 bilhões em apostas na valorização do real, sendo US$ 18,7 bilhões em contratos futuros. Investidores estrangeiros respondiam por 99,9% do total de apostas que o governo visa inibir com o pacote. "Vamos retirar uma parte da rentabilidade da especulação", disse o ministro da Fazenda, Guido Mantega.
Fonte: Tribuna do Norte

segunda-feira, 25 de julho de 2011

O QUE UMA ESCRITORA HOLANDESA FALOU DO BRASIL:LEIA COM BASTANTE ATENÇÃO

Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado.
Só existe uma companhia telefônica e pasmem!: Se você ligar reclamando do  serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado. 
Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.
Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.
Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri na sua cara, porque não existe. Alguns fumam até em elevador.
Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil, ainda mais os cariocas, podia ir pra lá dar aulas de 'Como conquistar o Cliente'.
Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura... Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos.
Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa. 
Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc... Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar suas raízes culturais.
Os dados são da Antropos Consulting:
1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.
3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.
4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.
5.. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.
6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.
7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.
8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês. 
B. Dilma


domingo, 24 de julho de 2011


Salário continua entre os piores

A função de um professor é a mesma em qualquer parte do Brasil: ensinar, educar, preparar. Porém, quando o assunto é o salário dos professores, existem enormes diferenças entre os estados brasileiros.
Um professor no estado de Roraima ganha mais de quatro mil reais, no Maranhão a remuneração ultrapassa os três mil reais, enquanto que no Tocantins é superior aos dois mil reais. Somente descendo a ladeira salarial da educação é que encontramos o Rio Grande do Norte, que paga o pior salário dos Brasil aos professores.
O salário médio pago a um docente pela atual administração estadual é de R$ 1.157,33. A constatação é de uma pesquisa realizada pela Apeoc (Sindicato dos Professores no Estado do Ceará) e tem como base a remuneração do professor iniciante com Licenciatura Plena e jornada de 40 horas-aula semanais ou 200 horas-aula mensais (incluindo as gratificações).
Retirada as gratificações, considerando apenas o salário-base "seco", o Rio Grande do Norte passa para a vice-lanterna nacional, mas permanece na lanterninha da região Nordeste. Neste cenário, o RN tem um salário-base de R$ 868,00, ficando à frente apenas do Rio Grande do Sul (R$ 770,64).
Quando se analisa o valor da hora-aula, o quadro continua o mesmo: último lugar, com uma hora-aula valendo R$ 5,79. Na comparação com o salário mínimo, o salário de professor da rede estadual potiguar também fica na última colocação. Enquanto o melhor salário pago ao professor no Brasil representa 7,42 salários-mínimos, no RN, ele vale apenas 2,12 salários.
A diferença entre o maior salário pago ao professor no Nordeste (R$ 3.263,38, pago pelo Maranhão) e o menor (R$ 1.157,33, pago pelo RN) é de R$ 2.106,05.
A diferença entre o maior (R$ 4.047,49, pago por Roraima) e o menor salário (R$ 1.157,33, pago pelo RN) no Brasil é de R$ 2.890,16. Os professores do RN têm um salário abaixo da média nacional e abaixo da média regional. De acordo com os dados da pesquisa, a hora-trabalho/aula do professor no Rio Grande do Norte é muito menor que de outros profissionais do mesmo nível escolar e até de escolaridade inferior.
Os valores apresentados na pesquisa se referem ao pagamento de professores do ensino básico da rede pública em início de carreira, pagos pelos governos estaduais.
Como explicar tamanhas distorções salariais para um profissional que exerce a mesma função? Para o coordenador regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (SINTE/RN), Rômulo Arnor, alguns fatores interferem no rendimento dos professores, sendo que o mais importante "é o compromisso ou não do gestor com a educação".
Rômulo explica que o estado de Roraima, por exemplo, paga o maior salário do país como forma de atrair os professores, devido à sua dificuldade de contratar docentes. Para o sindicalista, a posição de lanterna ocupada pelo Rio Grande do Norte é resultado de anos de gestões desequilibradas na educação, sem investimento e reconhecimento da categoria. Com 18 anos de atuação na educação estadual, Rômulo relata que a categoria enfrenta os mesmos problemas ano após ano. O sindicalista adverte que a má remuneração reflete na qualidade do ensino dispensado no estado. "Não é só a questão salarial. Também falta investimento nas escolas”.
Fonte: Jornal de Fato

sexta-feira, 22 de julho de 2011



 Se cada um cumprir a sua parte, chegaremos lá.

Vamos nessa?

 
                                        CONVOCAÇÃO

O POVO BRASILEIRO ESTÁ CONVOCADO PARA GRANDE MANIFESTAÇÃO
PARALISAÇÃO
DIA 1º DE AGOSTO DE 2011, SEGUNDA-FEIRA
SEGUINDO O EXEMPLO DO POVO ÁRABE, QUE SE CANSOU DO GOVERNO, OS BRASILEIROS NÃO PODEM MAIS SUPORTAR / ACEITAR QUE SEUS GOVERNANTES FAÇAM DESTE PAÍS UM NEGÓCIO DE ENRIQUECIMENTO PRÓPRIO E NOS DEIXEM AO DESCASO DA IRRESPONSABILIDADE DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS.

PRESTEM ATENÇÃO:

- auxílio-reclusão = média de R$ 586,51;
       - salário-mínimo = relutantemente R$ 545,00;
- custo médio do presidiário em MG = R$ 1,7 mil;
              - custo médio do estudante de Ensino Fundamental e Médio em MG = R$ 149,05. 
                                                                          
                                                                   É O "PAÍS DO TUDO PODE"!


REFORMA POLÍTICA JÁ:
redução do número de senadores, deputados fed/est e vereadores !!

REFORMA JUDICIÁRIA JÁ !!
REFORMA TRIBUTÁRIA JÁ !!


SOMENTE DESSA FORMA, FICAREMOS COMPETITIVOS COM O MUNDO AÍ FORA (CHINA ETC.).

JÁ NÃO TEREMOS AS REFORMAS NOS AEROPORTOS E ESTÁDIOS DE QUE PRECISARÍAMOS - A COPA E AS OLIMPÍADAS ESTÃO SE APROXIMANDO, E POUCA COISA NOS FICARÁ COMO ESTRUTURA. SERÃO DADOS ''JEITINHOS'', E PAGAREMOS ALTO, TENHA CERTEZA!

CARAS-PINTADAS EM AÇÃO: OS POLÍTICOS PRECISAM ESTAR SOB O NOSSO CONTROLE, SEREM NOSSOS FUNCIONÁRIOS, NOSSOS REAIS REPRESENTANTES.

NÃO À IMUNIDADE PARLAMENTAR! 
NÃO À CORRUPÇÃO!
NÃO À POUCA VERGONHA PÚBLICA! 


O BRASIL PRECISA MUDAR E VOCÊ PRECISA ESTAR CONOSCO. SOMENTE UNIDOS, IREMOS MUDAR O NOSSO PAÍS.

NOSSO POVO ESTÁ MORRENDO NAS FILAS DOS HOSPITAIS PÚBLICOS, AMBULÂNCIAS E EQUIPAMENTOS COMPRADOS JÁ DERAM A ALGUM POLÍTICO OU AUTORIDADE SUA COMISSÃO, NO ENTANTO ESTÃO PARADOS, ESTRAGANDO-SE, POIS NÃO DARÃO MAIS LUCRO, SOMENTE DESPESAS. CONTRATAÇÃO DE PESSOAL E ATENDIMENTO DA POPULAÇÃO NÃO ERAM OS SEUS PENSAMENTOS.

REFORMA PRISIONAL JÁ !!
SOMENTE NO BRASIL, EXISTE TANTO BENEFÍCIO PARA QUEM ESTÁ PRESO. ESTRUTURA PARA RECUPERAÇÃO DO PRESO AO INVÉS DE VISITAS ÍNTIMAS E OUTRAS FACILIDADES! 

MOVIMENTE-SE, CRIE GRUPOS DE DIÁLOGOS, UNA-SE  A OUTROS GRUPOS E ENTIDADES, PROCURE A COMUNIDADE, SUA ASSOCIAÇÃO DE BAIRRO, SEUS AMIGOS, A IMPRENSA E EMPRESÁRIOS.

SOMOS UM POVO PACÍFICO, SIM, E NÃO PRECISAMOS DA VIOLÊNCIA PARA FAZER VALER OS NOSSOS DIREITOS, MAS NÃO PODEMOS FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS ESPERANDO ESSA CORJA DE POLÍTICOS CORRUPTOS E FORMADOS PELOS SEUS PRÓPRIOS INTERESSES SE INTERESSAREM POR NÓS. PRECISAMOS AGIR E MOSTRAR QUE NÓS OS ELEGEMOS E QUE É POR NÓS QUE ELES ESTÃO NO GOVERNO E QUE, POR MENOR QUE SEJA O DESLIZE, NÓS TEMOS O DIREITO DE CAÇAR O SEU MANDATO.
PRECISAMOS DE UMA POLÍTICA LIMPA, DE CARÁTER E SERIEDADE.
FORTALECER OS PODERES LOCAIS, COMUNIDADES E BAIRROS NO CONTROLE DE SUAS FINANÇAS E PRIORIDADES, COMO NOS EUA.

O BRASIL TEM-SE MOSTRADO UM PAÍS RICO - RICO EM PETRÓLEO, MINERAIS, TURISMO, CULTURA ETC. AGORA PRECISA APRENDER A DIVIDIR ESSA RIQUEZA COM SEU POVO, ATRAVÉS DE UMA MELHOR EDUCAÇÃO, SAÚDE PÚBLICA, SEGURANÇA E ESTRUTURA INDUSTRIAL E PRODUTIVA, PARA QUE ASSIM POSSAMOS TER UM PAÍS JUSTO E FORTE.

PROGRAME-SE, SEGUNDA FEIRA, DIA 1º DE AGOSTO, TODO O BRASIL NAS RUAS, PROTESTANDO E EXIGINDO MUDANÇAS, OU NUNCA SEREMOS LEVADOS A SÉRIO E FICAREMOS SEMPRE NO TERCEIRO MUNDO. E OS POLÍTICOS CONTINUARÃO SE ENRIQUECENDO E DESFRUTANDO OS BENEFÍCIOS DA VIDA PÚBLICA CORRUPTA.
OS MINISTROS DO STF E DO STJ NÃO DEVERÃO MAIS SER NOMEADOS PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA. DEVERÃO SER NOMEADOS POR UM COLEGIADO DE MAGISTRADOS, LEVANDO EM CONTA SUA NOTORIEDADE, CONHECIMENTO JURÍDICO E, SOBRETUDO, SUA HONESTIDADE.
E OS CONSELHERIOS DOS TRIBUNAIS DE CONTAS DOS ESTADOS DEVEM SER NOMEADOS POR CONCURSO PUBLICO.


 

CHEGA !!!!
PODEMOS EXIGIR MUDANÇAS, FAÇA A SUA PARTE !!!!

ENVIE ESSA MENSAGEM AO MAIOR NÚMERO DE PESSOAS QUE VOCÊ PUDER.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

FIM DA GREVE

    A greve na regional de Apodi terminou na tarde de hoje dia 21 de julho com uma assembléia de                 trabalhadores em educação, que aconteceu no salão paroquial, um dia depois de Natal  também ter                encerrado a sua  com uma assembléia na escola estadua   Winston Churchill
. Em  nossa  reunião foi  discutido amplamente as  propostas da governadora, mesmo não tendo o sindicato aceitado a mesma , os trabalhadores em educação decidiram  terminar com o movimento paredista  acreditando que ela, a governadora cumpra  com suas promessas pagando o piso em quatro parcelas, como a  mesma determinou,  de setembro a dezembro. Para nós trabalhadores em educação foi decepcionante o desfecho desse movimento, a maneira como fomos tratados pelo judiciário do nosso estado, dezesseis promotores públicos  se manifestaram  a favor da ilegalidade da greve inclusive o de Apodi, parece ate que estávamos totalmente  fora da lei, pra eles lei de greve não existe,  assim não tivemos outra alternativa a não ser suspendermos a greve sob pena de ser aberto um processo administrativo e todos grevista ir parar no olho da rua, Para o sindicato uma multa de cem mil  reais por dia, é mole? A governadora fez com os professores como se fazia antigamente com  os moleques teimosos que não queria estudar, pegava-se  pelo braço metia-se a chibata e botavam pra escola a força, desse jeito como é que um professor em sala de aula vai se sentir? Muito inferior a um aluno que não que assistir aula, mas foi obrigado pelos os pais, não haverá aprendizado nem motivação, depois a secretaria Betânia Ramalho ainda diz que a culpa da má qualidade da educação é dos professore que faze greve todo ano.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Negociação: greve dos professores pode terminar nesta semana

As negociações entre o governo os representantes do Sindicatos dos Professores avançaram nesta segunda-feira (18).

Por Alisson Almeida
Tamanho do texto: A


Foto: Elisa Elsie
Reunião tenta encerrar a paralisação que completou 77 dias.
Saiba mais
O Governo do Estado e a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte-RN) tiveram mais uma rodada de negociações, na manhã desta segunda-feira (18), para tentar encerrar a paralisação que completou 77 dias.

Os representantes da categoria e a deputada federal Fátima Bezerra (PT), chamada para intermediar a negociação, se disseram mais “otimistas” depois da reunião com o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes, na sede da Governadoria. A expectativa é que a greve seja encerrada ainda nesta semana.
De acordo com a presidente do Sinte, Fátima Cardoso, Paulo de Tarso disse que o governo vai analisar a proposta de revisão da tabela salarial elaborada pelo Sinte. “O secretário se comprometeu a levar a reivindicação à governadora [Rosalba Ciarlini], o que nos deixa mais animados, porque abre a negociação, embora a situação ainda não seja a ideal”, declarou a sindicalista.
Em nota distribuída à imprensa, Paulo de Tarso confirmou que o governo “estudará essa questão [da tabela salarial do magistério]”, mas evitou se comprometer além disso, afirmando que o assunto será tratado com “responsabilidade e dentro dos critérios de responsabilidade financeira, cumprimento da lei e também pensando nos alunos norte-rio-grandenses”.
Foto: Elisa Elsie
Expectativa é que a greve seja encerrada ainda nesta semana.

A deputada Fátima Bezerra destacou que o governo assumiu uma postura “respeitosa e tranquila” ao negociar com a categoria e afirmou que crê no fim da greve nesta semana.

“Pelo que eu vi e ouvi do Sinte e do chefe da Casa Civil, Paulo de Tarso, creio que a greve terminará nesta semana”, declarou.

Em relação à implantação do piso nacional dos professores, Paulo de Tarso reiterou que todos os docentes já receberam o pagamento, mas assegurou que o governo vai cumprir com o reajuste de 21,76% a partir de janeiro de 2012, como prevê a lei federal.

Em resposta à outra solicitação do Sinte, o secretário disse que o governo não tem como antecipar o reajuste de 34%, previsto para ser pago em três parcelas, a partir de setembro. Os professores queriam a antecipação para julho, agosto e setembro.
Uma nova reunião ficou marcada para a próxima quarta-feira (20), mas ainda sem horário definido. No mesmo dia, às 16h, os professores vão realizar mais uma assembleia para decidir pelo fim ou não da greve.
Do minuto.com

domingo, 17 de julho de 2011


Coordenadora do SINTE-RN responde aos ataques de Rosalba

A Governadora afirmou que está estarrecida com os sindicalistas por não terem orientado a categoria a acatar a ordem do Tribunal de Justiça para o retorno imediato ao trabalho. Se ela está estarrecida o que dirão os trabalhadores em educação que assistem a um festival de desobediência às Leis por parte do governo?
A começar pela Lei do Piso salarial que vem sendo pisoteada pelo governo desde o dia 06 de abril. A Governadora deve a todos os professores 20 horas semanais de Trabalho. Ao final do mês, são 80 horas de trabalho em sala de aula. E agora quem descumpre a Lei?
Tem mais: a Lei 432/2010, da implementação de sua tabela salarial que será implantada só em dezembro? A lei diz outra coisa. Diz que seria até setembro. Cadê o pagamento da carga suplementar e dos contratados que não está em dia?
Os trabalhadores em educação não arredam pé de lutar pelos seus direitos, nem de denunciar a situação caótica em que se encontra a escola pública estadual. Estamos falando do direto dos profissionais que se estende aos alunos e alunas.
Os argumentos de Rosalba não se sustentam em nenhum aspecto. No que se refere as condições gerais do ensino estado, basta fazer alguns questionamentos à luz da realidade para se verificar que a situação da educação estadual beira o colapso: a reforma do Floriano Cavanti atrasou suas aulas em dois meses. Por que tendo o governo mais de 40 dias para o início das em fevereiro e não providenciou professor para assumir as salas de aula?
Por que cessou a convocação dos professores selecionados em 2010 para assumir as salas de aula? Por que vem retardando a realização do concurso público?
Se fossemos elencar as condições de precariedade das escolas certamente teríamos que escrever um livro. Mas, podemos sintetizar dizendo: "Se o Atheneu,- o mais antigo Liceu do Brasil, está abandonado imagine a resto... e tem resto?
Será que a governadora já parou para pensar que não vai barrar a insatisfação dos Profissionais? Será que o governo está refletindo que neste momento pode-se negociar uma política que vai deixar fora do cenário de 2012 a possibilidade de greve?
O que os trabalhadores em educação exigem é uma política para a educação e de um ensino de qualidade e não do faz de conta que a Governadora quer instituir neste momento.
Professora Fátima Cardos - Coordenadora Geral do Sinte-RN

sexta-feira, 15 de julho de 2011

A GREVE CONTINUA FORTE

A governadora do estado Rosalba,  hoje em um discurso na cidade de Parnamirim,  falou grosso  em tom de  ameaça que parecia um ultimato aos  professore em greve. “A Justiça considerou a greve abusiva e ilegal. Na democracia, decisão judicial é para ser cumprida”, enfatizou a governadora. Ora se a decisão judicial foi descumprida; ela mesma (a governadora), foi quem primeiro descumpriu a lei, não pagando o piso nacional aos professores, que  por duas vezes  o Supremo Tribuna Federal deu ganho de causa aos  professore de todo  pais,  decisão do STF em ultima  instância judicial sem ter como  poder mais recorrer da sentença. Ainda  no discurso a  governadora  já autorizou  a procuradoria do estado a  cortar os pontos dos dias parados, não pode  porque  os professores são pagos  com dinheiro do FUNDEB, e boas parte desse dinheiro é para pagamento dos professores, se ela deixar de pagar estará novamente descumprindo a lei. se por ventura acontecer,  que é uma possibilidade remota, os professores ficarão sem a obrigação de pagar as aulas. Esse absurdo  aconteceu no governo de Geraldo Melo, quando houve uma greve parecida com essa de hoje  o mesmo  chegou a descontar os dias parados dos grevistas, o que o sindicato fez ? Uma mobilização muito grande em Natal e no interior via regionais do sindicato, chegando fazer até o enterro do governador Geraldo Melo, mas logo ele chamou para  negociar e pagou tudo que devia aos professore. Será que a governadora Rosalba  vai deixar chegar a esse ponto? Acredito que não porque o preço político que GM pagou foi muito caro, nunca mais se elegeu a Nada e ficou conhecido como o carrasco da educação do Rio Grande do Norte
Casa Civil do Estado receberá a direção do SINTE em audiência




Da Redação

No final da manhã desta sexta-feira (15), recebemos o comunicado da Casa Civil do Estado de que o Chefe da Casa Civil Paulo Tarso Fernandes receberá direção do SINTE em audiência na segunda-feira (18), às 11 horas, no gabinete civil.

Nós estamos afirmando que o governo tem que ter juízo e retomar o dialoga com os trabalhadores em educação. A queda de braço com o governo não interessa aos trabalhadores em educação e nem ao sindicato. O governo tem que apresentar uma proposta negociável.

Negociação Já! Não a judicialização da nossa greve!

Do site Janeayre souto

quinta-feira, 14 de julho de 2011

REGIONAL DE APODI A GREVE CONTINUA


A gora a pouco em uma assembléia de trabalhadores  em  educação realizada no salão poriqial foi decidido por maioria dos presentes  que em  Apodi a greve também  continua, a exemplo de Natal  que decidiu  pela continuidade do  movimento paredista mesmo depois de uma decisão judicial que julgou a greve ilegal e abusiva, segundo os  magistrados que julgaram a liminar impetradas pelo o governo no TJRN,   se a greve continuar o sinte será punido com uma multa diária de cinco mil reais. O sindicato resolveu desafiar o tribunal  porque entendeu que a decisão já houve no supremo tribunal federal em favor dos professores mandando todos os governadores pagarem o piso salarial nacional  determinado pelo MEC,  a partir do mês de janeiro  a todos  os professore do Brasil ,  no Rio grande  do Norte a governadora não está cumprindo a lei do piso  e  desrespeitando a lei  constitucional nº7789/89  que assegura aos tabeladores o direito de fazer greve.

Trabalhadores em Educação manterão a greve

A assembleia dos trabalhadores em Educação do Estado, realizada na manhã desta quinta-feira (14) decidiu, por unanimidade, a manutenção da greve. Durante os debates nenhuma das falas dos trabalhadores presentes se mostrou contrária à defesa da direção do Sindicato pela continuidade e fortalecimento do movimento.
A assessoria jurídica do Sindicato entrará com uma ação contra a liminar que determina o início das aulas. Outras decisões ainda estão sendo tomadas pela categoria, que permanece em assembleia.
SINTE-RN

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Tribunal de Justiça diz que greve é ilegal
O Tribunal de Justiça do RN julgou a greve dos Trabalhadores em Educação do Estado e decidiu, por unanimidade, que o movimento é ilegal. A direção do Sinte estava presente e decidiu defender a manutenção do movimento. O Sindicato realizará assembleia com a categoria nesta quinta-feira (14). O encontro será no Winston Churchill, às 9h.
SINTE RN

terça-feira, 12 de julho de 2011

Direção do Sinte discute reivindicações com o Governo

No final da tarde dessa segunda-feira (11) a direção do Sinte advertiu o governo do Estado novamente sobre a negociação com o magistério. A intervenção do Sindicato foi para reivindicar a tabela salarial, requisitada desde o início da campanha salarial da categoria. O Sindicato discutiu a questão com a secretária de Educação do Estado Betânia Ramalho e o secretário da Casa Civil Paulo de Tarso.
A direção do Sinte informou que, uma vez negociado o pagamento do Plano de Carreira dos funcionários o passo seguinte é atender aos professores. Os dirigentes ressaltaram a proposta deliberada em assembleia sobre a tabela salarial: implantação dos 34% nos meses de julho, agosto e setembro deste ano. Além disso, ser implementado em janeiro de 2012 mais 21,76% e o restante dos 100% da tabela até junho.
Leia mais sobre o PCCR dos funcionários aqui.
A direção ainda informou que, mesmo a justiça determinando medidas repressivas a categoria manterá a greve. “Não abriremos mão da continuidade desta negociação com as devidas conquistas para os Professores.”, diz a coordenadora geral do Sinte, Fátima Cardoso. A diretora jurídica do Sinte, Vera Messias afirmou: “estamos vencendo meia batalha. Mas a greve só acaba quando tivermos resolvido as questões relativas aos professores.”, advertiu. Também estiveram presentes no encontro, os dirigentes José Teixeira e Canindé Silva.
SINTE RN
Governo exonera a Subcoordenador de Administração de Pessoal, da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura




Da Redação

O Diário Oficial do Estado trouxe a exoneração e a nomeação da Subcoordenador de Administração de Pessoal, da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura.

Leia abaixo a nomeação e a exoneração:

A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições constitucionais,
R E S O L V E exonerar, a pedido, INÁCIA DANTAS SOUSA do cargo de provimento em comissão de Subcoordenador de Administração de Pessoal, da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura.
Palácio de Despachos de Lagoa Nova, em Natal, 07 de julho de 2011, 190º da Independência e 123º da República.
ROSALBA CIARLINI ROSADO
Betânia Leite Ramalho

A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições constitucionais,
R E S O L V E nomear MARIA DE LOURDES DA SILVA, matrícula nº 29.460-8, para exercer o cargo de provimento em comissão de Subcoordenador de Administração de Pessoal, da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura.
Palácio de Despachos de Lagoa Nova, em Natal, 07 de julho de 2011, 190º da Independência e 123º da República.
ROSALBA CIARLINI ROSADO
Betânia Leite Ramalho

Site Janeayre Souto

segunda-feira, 11 de julho de 2011



Petrobras: 34ª maior do mundo e 8ª em lucro

 

A Petrobras foi classificada como a 34ª maior empresa do mundo pelo ranking anual das 500 maiores companhias elaborado pela revista Fortune e divulgado na última quinta-feira (07/07). Entre as sete empresas brasileiras que aparecem no ranking, a Petrobras é a mais bem posicionada, com faturamento de US$ 120,052 bilhões. A Companhia subiu 20 posições no ranking, passando do 54º lugar para 34º. O Brasil é o país latino-americano com maior representação no levantamento.
Entre as empresas que mais lucraram em 2010, a Petrobras aparece em oitavo lugar, com US$ 19,184 bilhões, que representa um crescimento de 23,7% em relação ao ano anterior.
Os Estados Unidos seguem na liderança do ranking das 500 maiores, com 133 representantes. A cadeia de supermercados norte-americana Walmart foi mais uma vez classificada como a maior empresa do mundo.
Apodi prepara a 2ª Conferência Municipal de Políticas Publicas para Juventude apodiense

APODI – Objetivando discutir as políticas públicas para a juventude apodiense, a prefeita da cidade, professora, Goreti Silveira Pinto, através do Decreto N 023 de 27 de Junho de 2011, está convocando a população do município, principalmente a classe jovem, para participarem da 2ª Conferência Municipal de Políticas Públicas para Juventude, que ser realizada no dia 11 de agosto, como etapa preparatória para a 2ª Conferencia Nacional da Juventude que acontecera entres os dias 09 e 12 de dezembro em Brasília.
De acordo com o Decreto assinado pela prefeita, Goreti Pinto, a realização da 2ª Conferência Municipal de Políticas Públicas para Juventude, será coordenada pelo Conselho Municipal de Juventude, criado recentemente pela municipalidade e pela Secretaria Municipal da juventude. A Comissão Organizadora formada ainda por dois representantes do Poder Executivo Municipal, dois do Poder Legislativo, quatro representantes da sociedade civil organizada com sede em Apodi.
A Conferência acontecera na Casa de Cultura Popular de Apodi e terá como temas centrais: I - Juventude: Democracia, Participação e Desenvolvimento Nacional; II - Plano Nacional de Juventude: prioridades 2011-2015; III – Articulação e Integração das Políticas Públicas de Juventude. Os trabalhos serão presididos pelo presidente do Conselho Municipal da Juventude.
A prefeita de Apodi, Goreti Pinto, destaca que criou a Secretaria Municipal da Juventude e o Conselho Municipal da Juventude em seu Governo porque reconhece a grande importância da participação da juventude em sua administração. “A classe política e os governantes precisam ouvir o que a juventude deseja e assim da uma oportunidade para esses jovens cheios de energia nos ajuda a fazer uma administração mais participativa”, comentou a prefeita Goreti Pinto.
Para o secretario da Juventude e Esportes de Apodi, Jairo Cesar, a Conferência é um oportunidade que a juventude tem para fazer um levantamento de propostas e assim buscar melhorias para a categoria.  
CONSELHO DA JUVENTUDE – A prefeita Goreti Pinto, apoiou criação do Conselho Municipal de Juventude por entender a legítima necessidade de discussão a cerca de assuntos e políticas públicas voltadas para a juventude apodiense “Essa Lei servirá de bússola norteadora para o conselho, e através deste a juventude poderá mostrar as suas reais necessidades”, comentou.
ASCOM PMA

Direção do Sinte busca negociar com o governo mais uma vez

Nesta segunda-feira (11) a diretoria do Sinte volta a procurar o governo para negociar o fim da greve. Os representantes do Sindicato irão novamente à Casa Civil, uma vez que a negociação já teve início com o Sinai.
De acordo com a discussão entre Governo e aquele Sindicato, foram acordados os seguintes termos: os 70% restante dos Planos de Carreira serão divididos em quatro parcelas iguais a serem pagas de setembro a dezembro deste ano. Quanto aos retroativos dos PCCRs dos funcionários, o governo disse que tratará posteriormente.
Para a coordenadora geral do Sinte, Fátima Cardoso, esse acordo que garante o cumprimento dos planos ajudará na luta dos Trabalhadores em Educação. “Temos agora uma negociação que permite informar a sociedade sobre os motivos de continuarmos em greve. Isso é fundamental porque não dá para fazermos discursos evasivos e pouco convincentes.”, disse. A dirigente disse, ainda que o Sindicato se manterá firme na luta. “Vamos arrancar compromissos do governo. Vamos lutar porque é importante ter o conjunto dos servidores valorizados. É por isso que continuamos em greve.”, disse.
Site SINTE RN